e-learning

Preparando a sua rede Doméstica

durante o COVID-19

Assim como os governos locais e estaduais estão a trabalhar para limitar o número de novos casos COVID-19, muitas escolas fecharam temporariamente e mudaram para ferramentas de aprendizagem on-line para manter os alunos seguros. 

O e-learning e os estudos remotos podem ser programas complicados de implementar, especialmente para comunidades com necessidades específicas e recursos limitados. Muitos programas de e-learning usam aplicativos baseados em nuvem para suportar conteúdo de vídeo e dados.

O acesso online a estes programas pressupõe que cada lar tenha internet e dispositivos para suportar multimédia. Além das necessidades de optimização da largura de banda, as famílias também precisam considerar como proteger a sua rede doméstica contra hackers.

Como podem os pais e cuidadores preparar a sua rede doméstica para apoiar o e-learning e outros recursos que as crianças precisarão durante este tempo?

Mudar a senha do router

Normalmente esperamos até uma notificação por e-mail sobre tentativas não autorizadas de senha ou um aviso do nosso Técnico de TI para trocar de senhas de conta. Em casa, os pais e cuidadores tomam o lugar dos Técnicos de TI, definindo lembretes para mudar frequentemente as senhas, especialmente para contas com as informações mais sensíveis. Agora que mais dispositivos irão estar conectados à Internet em casa, mantendo as senhas complexas e variadas,  adicionará outra camada de segurança para todos os dispositivos conectado à rede através do router doméstico.

Ligar o filtro web para garantir que as atividades das crianças sejam para a sua idade

Com os alunos em casa durante este período, é importante que os pais e cuidadores considerem filtrar o conteúdo da web que seja inapropriado. As redes escolares também podem ser configuradas para alertar os alunos que podem procurar por termos tais como “violência”, “bullying” ou “danos próprios”. Agora, estas mesmas considerações precisam de ser feitas sobre a rede doméstica. O uso de uma firewall de última geração permitirá que os pais e cuidadores definam um filtro avançado de parâmetros na sua rede doméstica.

Implementar controlo sobre Aplicações e Largura de Banda

Aplicações e largura de banda podem identificar e priorizar o tráfego de rede com base no tipo de tráfego e as aplicações que estão sendo usadas na rede. Tráfego mais importante, tais como ferramentas de aprendizagem e videoconferência, pode ser dada maior prioridade e mais largura de banda de rede. Dando prioridade à conferência online e ferramentas educacionais em vez do tráfego geral da Internet. Isto permite que a sua ligação atual à Internet seja usada da maneira mais eficiente.

Estabelecer regras de rede baseadas no tempo para evitar distrações

Os pais e cuidadores devem estar cientes de quantas distrações as crianças podem enfrentar durante a transição de um dia escolar estruturado até ao ensino em casa. Para gerir estas distrações, estabeleça regras baseadas no tempo para limitar o acesso a sites de redes sociais ou sites de jogos durante o horário escolar. Estas políticas baseadas no tempo e gestão de redes podem ajudar os alunos a completar o seu programa de estudos on-line com desvios limitados.

Considere uma firewall de próxima geração

Entre pais que trabalham em casa e alunos que vão ter que estudar em casa, as redes domésticas precisam de ser geridas de forma mais eficaz. Visibilidade e controle de cada dispositivo conectado à rede vai ajudar os pais a proteger a sua rede contra hackers.

Com uma firewall de última geração em casa, os pais podem criar regras para gerir o acesso aos sites, aplicações, utilizadores e horários.  Qualquer acesso não autorizado pode ser rapidamente sinalizado, bloqueado ou alertado com uma firewall de próxima geração.